Voltar para topo
GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ, ATRAVÉS DA SECRETARIA DA CULTURA E ENEL APRESENTAM

VII Bienal Internacional de Dança do Ceará De Par Em Par


Transmissões ao vivo de 13 a 22 de agosto

no nosso canal do YouTube







Sobre

De par em par

A 7ª Bienal de Par em Par é fruto da imaginação, do desejo e da pulsão de vida. É resultado da cumplicidade, colaboração e do esforço de muitas pessoas que se empenharam para que, apesar de todos os afetos tristes que assolam o país, conseguíssemos seguir propondo movimentos e dinâmicas outras para nossas vidas. E foi essa soma de vibrações empáticas que possibilitou a concepção de uma programação multifacetada e de formato inédito.

Clique e confira na íntegra o conceito desta edição.

Saiba mais




 

Convidades

Conheça nosses artistes e convidades

Nosso encontro conta com a participação de artistes e convidades de diversos lugares, seja do Ceará e seus diversos territórios, seja do Brasil e suas múltiplas centralidades, seja do mundo e suas diversas culturas.

 

CIA DITA

Companhia da Arte Andanças

 

PARACURU CIA. DE DANÇA

ROSA PRIMO

ANDREIA PIRES/GEANE ALBUQUERQUE/HONÓRIO FÉLIX

CLARISSA COSTA E JHON MORAIS







ONLINE E AO VIVO

Ampliando conexões em encontros transmitidos ao vivo!

A Bienal fez da necessidade de adequação ao isolamento social, por conta da Covid-19, uma oportunidade de abrir suas janelas para ser acompanhada dentro e fora do Brasil. Os espetáculos serão transmitidos pelo YouTube, com câmeras em 360º e realidade virtual com o comando do cineasta Alexandre Veras.

Programação

Conheça nossa agenda e participe

Toda a programação da nossa Bienal de Par em Par será online, transmitida através das nossas plataformas oficiais. Acompanhe, compartilhe, participe e aprecie

13 DE AGOSTO SEXTA

14 DE AGOSTO SÁBADO

15 DE AGOSTO DOMINGO

16 DE AGOSTO SEGUNDA

17 DE AGOSTO TERÇA

18 DE AGOSTO QUARTA

19 DE AGOSTO QUINTA

20 DE AGOSTO SEXTA

21 DE AGOSTO SÁBADO

22 DE AGOSTO DOMINGO

SEMINÁRIO TEPe

Brasil e Portugal conectados através da Filosofia, de caminhadas e palestras e, claro, muita dança! Tem o tempo, o silêncio, a escuta e as conversas com árvores. Confira a programação do Seminário TEPe que aconteceu entre 05 e 14 de março de 2021.

REDES CONFLUENTES

Na comemoração dos 25 anos da Bienal Internacional de Dança do Ceará, a mostra Redes Confluentes surge como uma rede de redes, reunindo 7 mostras, agregando artistas de todos os continentes. Seu foco é a diversidade e as diferentes propostas artísticas que percebem a tela como lugar de encontro, reafirmando o amor incondicional à arte, assim como a certeza de que somente juntos podemos resistir, criar e fazer dança. Aqui, para além de uma rede de mostras, criou-se um lugar de encontro, em uma confluência de afetos.

APRESENTAÇÃO

Corpos em Perspectiva -

Face a Face e Raízes

Mostra Solar

Mostra Universitária

Transbordamentos

Mostra Rediv

VIDEODANZA BA

CORPOS CONFINADOS

FIVERLABS

DANÇA EM FOCO







Para conferir mais detalhes sobre cada mostra integrante dessa grande REDES CONFLUENTES que aconteceu entre 05 e 14 de março, visite os menus abaixo e entre no movimento!

MOSTRA SOLAR

A Casa Hoffmann é um espaço de referência nacional para a pesquisa do corpo, movimento e dança. Dedica-se à criação e implementação de políticas públicas gratuitas ou de custo acessível que fomentam e incentivam a formação, investigação e experimentação artísticas. Contribui para refletir a diversidade cultural da comunidade promovendo também o encontro de artistas e plateias. Por meio da Fundação Cultural de Curitiba viabiliza tanto investimentos contínuos quanto de excelência em programação.

MOSTRA FACE A FACE E RAÍZES

Uma grande rede afetiva e dançante se tornou ainda mais sensível e visível. Sabedores da potência de vida que a criação em Dança nos proporciona, buscamos ferramentas para nos comunicar com o mundo entre as telas, movendo uns aos outros. Confira esta seleção de danças e bordados (virtuais) organizado pelo Centro Coreográfico do Rio de Janeiro.

MOSTRA VIDEODANZA BA

Evento pioneiro em seu tipo na região, surgiu em 1995 como uma plataforma de difusão, formação, reflexão e desenvolvimento de redes de manifestações artísticas em torno do eixo corpo-tecnologia em um sentido amplo. Aqui, dois programas curados a partir de obras apresentadas em sua última edição (2019). Nas obras obras apresentadas, a utilização de câmeras e a edição estimulam a potência própria do corpo em movimento.

MOSTRA TRANSBORDAMENTOS

Residência de criação à distância em que estudantes de diferentes universidades e escolas ibero-americanas interagiram e colaboraram na criação conjunta de obras audiovisuais, fotográficas, escritas ou performáticas, da área da videodança – dança para a tela ou coreografia para o cinema. A proposta partiu da noção de transbordamentos com referência ao apagamento das fronteiras geográficas, espaço-temporais e midiáticas. A residência promoveu o cruzamento de olhares e práticas transdisciplinares, transfronteiriças e novas abordagens reflexivas na configuração de obras em que corpo, câmera, imagem e movimento interagem em um contexto virtual.

MOSTRA CORPOS CONFINADOS

Fiver é uma plataforma internacional de apoio, exibição e produção de dança audiovisual criada na Espanha, em 2012. Em seu 2º ano de colaboração com o Instituto Cervantes, um programa de cinedança que exibe uma seleção de obras do gênero criadas por realizadores espanhóis em que o movimento é o foco fundamental. Uma linha curatorial extraordinária, criada em 2020, em torno da relação do corpo com a tela e o confinamento. Aqui, os trabalhos se revelam como magníficas ações de esperança, de adaptação, de imaginação e criatividade e destacam por seu caráter colaborativo, poético ou testemunhal.

MOSTRA FIVERLABS

Desde 2013, o Fiver vem realizando laboratórios de formação no espaço de convergência entre dança, cinema e novas tecnologias. Em 2018, passaram a se chamar #Fiverlabs. Mais de 200 artistas de várias nacionalidades participaram, o que confere a esta ação uma importância fundamental na plataforma Fiver. Como resultado final de alguns laboratórios, foram realizados alguns curta-metragens criados em colaboração e coordenação de um artista convidado. Aqui você confere 3 deles.

MOSTRA UNIVERSITÁRIA IBERO-AMERICANA MIDIADANÇA

A fim de conferir visibilidade aos trabalhos em videodança de alunos universitários dos cursos ibero-americanos de Dança, a Mostra contou com mais de 50 inscrições, o que é uma alegria imensa para o Laboratório Midiadança receber esses vídeos e fazer esta curadoria. Com mais de 200 artistas envolvides, 6 países estão representados: Brasil, Argentina, México, Espanha, Paraguai e Porto Rico. Bom programa!

MOSTRA REDIV

A Mostra REDIV - Rede Ibero-americana de Videodança 2020 é composta por peças de Videodança, representativas de alguns Festivais e Eventos que integram a Rede Ibero-americana de Videodança. Criada em 2016, a REDIV é uma rede colaborativa cujo eixo principal é a videodança e conta com 24 festivais e diversos colaboradores.

FICHA TÉCNICA

Conheça quem faz a VII Bienal de Dança do Ceará De Par Em Par!

Saiba mais

Bienal de Dança

Facebook
Instagram
Bienal de Dança no instagram
Bienal de Dança no instagram
Bienal de Dança no instagram
Bienal de Dança no instagram
Bienal de Dança no instagram
Bienal de Dança no instagram
Bienal de Dança no instagram
Bienal de Dança no instagram
Bienal de Dança no instagram
© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS BIENAL INTERNACIONAL DE DANÇA DO CEARÁ